BLOG

Instituto Brasileiro de Criminologia Cultural

 
 
Buscar
  • Salah H. Khaled Jr.

Instituto Brasileiro de Criminologia Cultural marca presença em evento do TRE-RS



O Simpósio Sul-Brasileiro de Direito Eleitoral, nomeado “Eleições 2020: Cenários e Perspectivas”, ocorreu nos dias 28 e 29 de novembro de 2019, na Escola Superior de Advocacia (ESA) da OAB/RS. Cerca de 600 pessoas acompanharam a atividade - presencialmente e à distância.


O painel Criminalidade, Crise e Democracia contou com a presença de Salah Hassan Khaled Júnior, presidente do Instituto Brasileiro de Criminologia Cultural e Vanessa Chiari Gonçalves, professora da UFRGS e associada do Instituto, além de Fernando Neisser. A secretária da Corregedoria Regional Eleitoral, Ana Gabriela de Almeida Veiga atuou como debatedora. Khaled trouxe algumas considerações sobre a criminologia cultural, tendo como estudo de caso os eleitores que foram às urnas com armas de fogo e registraram este fato. O palestrante destacou que, enquanto o direito tira o significado dos crimes, a criminologia cultural busca encontrar as simbologias envolvidas no ato. Na exposição seguinte, Vanessa trouxe um panorama histórico sobre a democracia e a formação de partidos políticos, levando em conta o individualismo, os desafios com a maior expectativa de vida e o aumento de relações impessoais e do anonimato. Por fim, Fernando Neisser discorreu suas ideias a partir do questionamento sobre qual seria o motivo para a existência de punições no Direito Eleitoral e para que são feitas.

Texto adaptado da matéria original, disponível aqui.

0 visualização

©2019 by Instituto Brasileiro de Criminologia Cultural. Proudly created with Wix.com